Especialistas ensinam truques para agilizar e reduzir os custos da “quebradeira”

Casal pintando parede

BRUNA NARDELLI

Por medo de enfrentar uma obra, muitos moradores se contentam com os sinais de idade e a falta de personalidade da casa, empurrando o descontentamento com a aparência do lar para debaixo do tapete.

Se você faz parte desse time que teme a “quebradeira” e se acomoda em meio a paredes rachadas e sofás de cor bege, repense. Reformar não é um bicho de sete cabeças. Pelo contrário. O processo de mudança pode ser acessível e, acredite, prazeroso.

Pensando em comprovar essa linha de pensamento, tão controversa para o senso comum, o Metrópoles escalou profissionais do ramo da construção.

Com a missão de desmistificar que obra é sinônimo de dor de cabeça, eles enumeraram 10 dicas para otimizar e baratear uma reforma residencial. Os truques são mandatórios para quem deseja fugir de perrengues na busca pelo “cafofo” ideal.

Confira!

Não economize onde não deve

Minimizar os gastos em artigos de decoração é uma artimanha válida, mas economizar em materiais de construção pode ser uma cilada. “Materiais mais baratos podem colocar em risco o funcionamento da casa a longo prazo”, alerta o engenheiro e professor Matheus Leoni.

“As manutenções ao decorrer dos anos para solucionar problemas causados por artigos de baixo custo costumam ser bem maiores do que o correto investimento no momento inicial da obra”, complementa. Por isso, sem pechincha onde não deve.

Busque ajuda profissional

Não adianta seguir o instinto na hora das obras. Fazer algo sem planejamento é o mesmo que andar em círculos. O trabalho de engenheiros, designers e arquitetos é recomendado porque, ao contrário do que se pensa, eles ajudam a otimizar a obra e poupar tempo e dinheiro.

“Um profissional habilitado para o acompanhamento da obra é essencial”, sustenta Matheus. “Ajuda a delinear um projeto bem estruturado, sem achismos e medidas de olhômetro”, defende.

De acordo com dados do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF), a consultoria de um especialista na área custa, em média, 10% do valor total da obra. Já tocar uma reforma sem acompanhamento profissional pode acarretar em 30% de desperdício.

Mulher engenheira em obra

Fuja das demolições

Elas são um dos maiores geradores de imprevisto e, por isso, inimigas de quem planeja uma obra rápida e dentro do orçamento. Quem revela é a arquiteta especializada em reformas de curto prazo Rafaella Brasileiro.

“Alterar a planta da casa abre margem para situações inesperadas, como encontrar uma tubulação no meio do caminho ou ter que refazer o nivelamento do piso”, diz. Ao invés de demolir, a profissional sugere apostar no reposicionamento dos móveis para dar cara nova aos ambientes.

Segundo ela, é possível dar um ‘tapa’ no visual de uma casa ou um apartamento com estratégias de obra rápidas em até um mês, enquanto uma reforma total pode levar de 4 a 8 meses, a depender do projeto.

Mantenha os pontos hidráulicos

Mudança nas tubulações e nos encanamentos podem gerar imprevistos com alto custo de reparo. “Trocar um vaso sanitário de lugar, por exemplo, implica em um enorme desconforto, principalmente em apartamento, pois há o risco de quebrar o forro do vizinho”, aponta a arquiteta.

Sendo assim, a dica dela é evitar mudanças bruscas e, caso queira trocar o estilo de torneira ou vaso, optar por peças que sigam a mesma tipologia. “Se a torneira é de parede, troque por outra de parede. Se é de bancada, mantenha de bancada. Assim, você se esquiva de quebradeiras e mudanças desnecessárias nos pontos de água”, elucida.

pia cinza

Aposte em papéis de parede e revestimentos

Se jogue em papéis de parede para repaginar quartos e banheiros. Apesar de causarem alto impacto visual, eles são de fácil aplicação e custo acessível.

Outros revestimentos de parede, como placas de madeira ou 3D, também são super bem-vindos.

revestimento rosa

Invista nas pinturas de cerâmica

Alterar o piso dos banheiros e da cozinha nem sempre é necessário. Que tal pintá-los? Materiais como cerâmica, amplamente utilizados em cômodos de área molhada, são fáceis de tingir. As pinceladas garantem personalidade aos ambientes.

“Há outro truque muito bacana também: fazer acabamento de cimento queimado por cima dos azulejos“, aconselha Rafaella, recomendando o vídeo “faça você mesmo” abaixo.

Opte pela iluminação em trilhos

decoração industrial é uma das grandes tendências da atualidade e, além de estar na moda, é prática e acessível.

“A iluminação em trilhos é um exemplo de elemento desse estilo que funciona bem. Não altera muito a parte elétrica e entrega um visual contemporâneo em tempo recorde”, opina a arquiteta.

https://www.instagram.com/p/ByZ79WhJvxT/embed/?cr=1&v=12&wp=1365&rd=https%3A%2F%2Fwww.metropoles.com&rp=%2Fvida-e-estilo%2Fdecoracao%2Fvai-reformar-10-dicas-para-otimizar-e-baratear-a-obra#%7B%22ci%22%3A0%2C%22os%22%3A726.4999999897555%2C%22ls%22%3A497.60000000242144%2C%22le%22%3A499.7999999905005%7D

Abuse e use da adesivagem

Mude a aparência de eletrodomésticos, como ar-condicionados e geladeiras desgastados, com adesivos. A adesivagem também é aliada na hora de repaginar móveis, como armários de cozinha.

De acordo com os especialistas ouvidos pela reportagem, o acabamento desse tipo de artimanha em mobiliário não é impecável, mas serve de alternativa para moradores com baixo orçamento.

adesivagem geladeira em cozinha

ADESIVAGEM GELADEIRA EM COZINHA

Evite móveis planejados

Eles são ótimos, pois são moldados de acordo com o desejo e a necessidade de cada morador. Porém, custam caro e costumam ter longos prazos de estrega.

“Prefira móveis soltos e revestimentos à pronta entrega para não ter erro”, indica a especialista.

Vire melhor amigo de e-commerces de baixo custo

Existem vários sites de decoração com entrega nacional excelentes quando assunto é preço. Entre eles, Riachuelo CasaWestwingMeu Móvel de MadeiraMobly e Oppa. Mas, cuidado: risco de se apaixonar e navegar por eles por horas a fio.

“As peças dessas marcas não duram a vida inteira, e nem foram feitas para isso. Ganham pontos no quesito custo-benefício. Seguem as mais novas tendências de décor e tem valor baixo. Entregam o que prometem”, avalia Rafaella.

https://www.instagram.com/p/B8ttazkiJbv/embed/?cr=1&v=12&wp=1365&rd=https%3A%2F%2Fwww.metropoles.com&rp=%2Fvida-e-estilo%2Fdecoracao%2Fvai-reformar-10-dicas-para-otimizar-e-baratear-a-obra#%7B%22ci%22%3A1%2C%22os%22%3A733.600000035949%2C%22ls%22%3A497.60000000242144%2C%22le%22%3A499.7999999905005%7DREFORMAVER COMENTÁRIOSRECOMENDADOS